Consulta

Previsão do Tempo

Detalhe da Notícia

Governo vai realizar leilões para intervir no mercado de arroz
Publicada dia 30 de Janeiro de 2018 às 18:52:24

Serão disponibilizados recursos de R$ 100 milhões para mecanismos de escoamento de até 1,2 milhão de toneladas do grão
O governo federal garantiu aos arrozeiros mecanismos de Prêmio de Escoamento da Produção (PEP) e Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro) para 1,2 milhão de toneladas de arroz via leilões. O anúncio foi feito pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura após reunião em Brasília (DF) com representantes da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) e Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul). O recurso garantido para as operações é de R$ 100 milhões.

O presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, ressalta que o governo confirmou a expectativa da realização de leilões ainda em fevereiro com o primeiro leilão possivelmente sendo realizado durante a Abertura da Colheita. A estimativa é que sejam de 200 a 300 mil toneladas por leilão, sendo até quatro leilões a depender da demanda e de como o mercado estará se acomodando. \"O importante é que durante a abertura da colheita do arroz o governo estará intervindo para sustentar preços aos produtores\", salienta.

Dornelles informa que, além desse montante anunciado, poderão existir contratos de Aquisições do Governo Federal (AGF) para em torno de 200 mil toneladas, mas que ainda dependem de confirmação dos ministérios do Planejamento e da Fazenda. Outra medida anunciada, segundo o presidente da Federarroz, é que as fiscalizações nas fronteiras para coibir o arroz vindo de forma irregular de outros países devem iniciar imediatamente, enquanto no varejo as operações irão começar durante o mês de março.
Voltar Mais notícias...


Copyright © 2018 Federarroz. Todos os direitos reservados.

Rua: Riachuelo, 1038 / Sala: 1401 - Centro Histórico | Porto Alegre, RS | CEP:90010-273 - Fone: (51) 3211-0879

Desenvolvido por: ZAPSHOP - CSS válido!